Notícias
Nós, Vós, Casas e a Cidade!...
Notícias
voltar \ Portugal torna-se no terceiro país mais pacífico do mundo (e segundo da Europa)

Portugal torna-se no terceiro país mais pacífico do mundo (e segundo da Europa)

13 jun 2019
Portugal torna-se no terceiro país mais pacífico do mundo (e segundo da Europa)
Sociedade
Islândia e Nova Zelândia mantêm-se na liderança do índice dos países mais pacíficos a nível global elaborado pelo Instituto de Economia e Paz. A Islândia ocupa o primeiro lugar desde 2008. A novidade é que Portugal subiu duas posições face ao ano anterior e entrou no pódio mundial, como o terceiro país mais pacífico do mundo. Entre os países europeus, fica em segundo lugar, apenas atrás da Islândia, segundo o Global Peace Index de 2019.
Portugal destaca-se ainda ao lado do Kosovo e da Noruega como um dos países em que a perceção que existe da aceitação de migrantes mais cresceu. Já a vizinha Espanha fica-se apenas pelo 32.º lugar da lista, tendo descido três posições no espaço de um ano e França desliza dois lugares para o 60.º.
Apesar deste desempenho, Portugal está entre os países em que as perceções de segurança entre homens e mulheres são mais díspares – acima de 22 pontos percentuais de diferença. Já no que toca à política internacional, Portugal aparece como um dos três países em que a perceção em relação à liderança americana mais se degradou – a par da Bélgica e da Noruega. Uma quebra que excede os 40 pontos percentuais.
O Afeganistão substituiu este ano a Síria como o país menos pacífico do mundo e o Iémen entrou pela primeira vez no grupo dos cinco Estados menos pacíficos, revela o Índice Global de Paz 2019 divulgado hoje.
Segundo o 13.º relatório anual do Índice Global de Paz (GPI), elaborado pelo Instituto para Economia e Paz sediado em Sydney, a Europa continua a ser a região mais pacífica do mundo, registando uma ligeira melhoria, e a região do Médio Oriente e Norte de África ainda é a menos pacífica.

in Idealista/News
Veja Também